5 tópicos essenciais para ter uma gestão tributária eficiente

5 tópicos essenciais para ter uma gestão tributária eficiente

Publicado por Zanini, 27/02/2020

Blog

Ter uma gestão tributária eficiente demanda dedicação. Por isso, a Zanini Auditoria separou 5 tópicos essenciais que farão toda a diferença na estrutura e funcionamento da empresa. Confira cada um deles!

1. PROFISSIONAL DE CONTABILIDADE

Em uma empresa, é necessária a presença do profissional de contabilidade – seja in loco ou através da contratação de uma empresa com experiência no mercado. Ele é responsável por diversas atividades, dentre elas, a de apuração e organização dos impostos e outros tributos.

Por isso, contar com um profissional de contabilidade é essencial para manter tudo em dia e organizado, seguindo prazos, normas e regras previstas em lei. Para tanto, o contador deve ter grande conhecimento legislativo, visto que no Brasil há grande variedade de tributos que diferem de acordo com o estado ou município.

O profissional deve ser valorizado, pois com a expertise e capacidade analítica de interpretar, entender e preservar o balanço contábil, há melhorias significativas na saúde financeira da empresa, além de diminuir drasticamente o risco de problemas fiscais.

2. ENTENDIMENTO DO SISTEMA TRIBUTÁRIO BRASILEIRO

O Brasil possui um sistema tributário complexo em que permite à União, estados e municípios a autonomia de impor diferentes taxas e tributos às empresas e contribuintes. Para ter uma maior organização, é necessário entender as relações entre as esferas governamentais e como elas interagem. Somente após ter esse esclarecimento e entendimento, é possível se manter em dia com o fisco.

3. ELABORAR PLANEJAMENTO

Um bom planejamento detalhado é essencial para definir metas e estratégias. O objetivo é garantir uma boa gestão e organização da saúde financeira da empresa, como alternativas para alcançar a elisão fiscal – ou seja, a busca por meios, dentro da lei, que permitam a diminuição de tributos.

4. REGIME TRIBUTÁRIO ADEQUADO

O Brasil possui três principais Regimes Tributários. É necessário entender cada um deles para identificar em qual a sua empresa se encaixa e ter acesso aos benefícios fiscais existentes para cada categoria. Conheça-os:

- Simples Nacional

Voltado para pequenas e microempresas, com objetivo de reduzir processos burocráticos e custos trabalhistas. É o que reúne, em uma única guia de recolhimento, oito tributos diferentes. São eles: os federais (IPI, PIS, COFINS, CSLL E IRPJ); o estadual (ICMS); e o municipal (ISS); além da contribuição da previdência social (INSS).

É restrito a empresas que possuem faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, dentre outras restrições.

- Lucro Presumido

Restrito a empresas que possuem faturamento anual de até R$ 78 milhões.

- Lucro Real

Sistema tributário mais complexo que pode ser adotado por qualquer empresa. Via de regra é adotado por empresas com controles de gestão mais maduros.

5. BENEFÍCIOS FISCAIS

Uma boa gestão tributária é aquela que planeja e determina todas as obrigações, cumpre prazos e está por dentro da Legislação, mas que também usufrui dos benefícios fiscais. Para tanto, é necessário conhecê-los e saber como solicitá-los.

Estorno de tributos, isenção tributária ou até mesmo redução das alíquotas devidas são alguns dos benefícios disponíveis às empresas e que podem fazer grande diferença na saúde financeira. Para solicitar o benefício, no entanto, cabe ao profissional contábil analisar os fatores legais, que diferem de região para região.

A Zanini Auditoria está há 40 anos no mercado e conta com profissionais qualificados e com expertise em gestão tributária que podem auxiliar você e a sua empresa. Entre em contato agora mesmo!