Saiba como se preparar para a LGPD

Saiba como se preparar para a LGPD

Publicado por Zanini, 17/03/2020

Blog

Saiba como se preparar para a LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) está movimentando as empresas, as quais possuem poucos meses para se adequar à nova realidade que mudará a forma de coletar, armazenar e utilizar informações de clientes. Saiba como preparar a sua empresa para atender às novas exigências!

Focada na segurança da informação, a nova lei regulamenta as atividades de pessoas físicas e jurídicas na manipulação de dados pessoais de terceiros. De modo geral, a nova determinação implica a obrigação do consentimento do cliente em ceder dados pessoais, como nome, gênero, idade, endereço e outros.

A aplicação afetará o dia a dia de empresas de diferentes segmentos. Empresa contábil, agência de comunicação e imobiliárias são alguns exemplos.

A lei, no entanto, dispõe apenas sobre dados relacionados a pessoas físicas. No caso de pessoa jurídica, a razão social, CNPJ e endereço comercial, não são considerados dados pessoais e continuam da forma como estão atualmente.

COMO ADEQUAR A EMPRESA À LGPD?

O primeiro passo é separar os dados que possui. É muito importante ter ciência da quantidade e da profundidade de informações que tem na mão. Somente a partir desta visibilidade será possível determinar as bases legais para o contexto do seu negócio, conforme dispõe na nova lei.

Nomear um encarregado de dados é o segundo passo. Esse profissional pode ser uma empresa parceira, um colaborador dentro da empresa ou ainda o próprio gestor. Ele, nominalmente, será responsável por fazer a comunicação entre a empresa e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD).

É de extrema importância que o controlador tenha conhecimento e experiência na área e que seja alguém isento, pois a LGPD determina que não poderá ocorrer conflito de interesses entre os titulares e a agência regulatória.

Terceiro passo: crie um programa de privacidade de dados. Esse controle é obrigatório à empresa e deve atender às exigências da LGPD, dentre elas: possuir cronograma de retenção de dados; formulários preenchidos de consentimento do titular; registro dos resultados da Avaliação de Impacto sobre a Privacidade de Dados (AIPD); ter código de conduta e aviso de privacidade, visando sempre a classificação, privacidade e retenção de dados; dentre outros.

Prever danos, violação e cláusulas contratuais é o quarto passo. É importante estar preparado para todos os cenários, desde a entrada de novos clientes, até uma possível gestão de crise. Com todas as possibilidades em vista, é mais fácil dar vazão aos problemas, caso eles venham a ocorrer.

Último e mais importante dos passos: esteja em constante atenção às atualizações das leis, necessidade do mercado e avaliando meios de melhorar a forma de proteger os dados da sua empresa e dos seus clientes.

LGPD SEM COMPLICAÇÃO

Há 40 anos no mercado, a Zanini Auditoria destaca-se por ser mais que uma parceira de empresas, mas também uma facilitadora e provedora de soluções de problemas. Com a LGPD, não é diferente. A Zanini é uma das empresas pioneiras a se atualizar às necessidades do mercado, tais como o investimento para obtenção da ISO 27001, certificação de segurança da informação, intimamente relacionada com a LGPD.

Quer saber mais? Entre em contato. Para tudo que conta, conte com a Zanini Auditoria!