Como calcular o salário de férias corretamente?

Muitos colaboradores se planejam para tirar as férias no meio do ano. Com o aviso antecipado, já começam a aparecer nos setores de Recursos Humanos a organização do calendário e também os cálculos para realizar o pagamento correto do salário em período de férias. Embora corriqueiro, o assunto ainda gera dúvidas.

Preparamos um texto exemplificando como calcular o salário de férias de cada colaborador, para você se programar. Confira abaixo!

FÉRIAS

Por lei, a cada 12 meses, o trabalhador tem direito a tirar 30 dias de férias, que podem ser divididos em até três períodos, desde que seja anteriormente acordado com o colaborador e que ao menos um deles tenha, no mínimo, 14 dias corridos e nenhum tenha menos de 5 dias.

COMO CALCULAR FÉRIAS DE 30 DIAS?

De forma resumida, o cálculo é fácil. Para calcular férias de 30 dias, deve-se somar: um salário bruto inteiro + um terço do salário bruto – os descontos. Na prática, se uma pessoa ganha R$ 6.000,00, por exemplo, o valor bruto do salário de férias de 30 dias será:

Férias tiradas (30 dias) = R$ 6.000,00

Um terço do salário = R$ 2.000,00

Total bruto a receber = R$ 8.000,00

Após essa soma, devem-se subtrair os descontos. Neste caso, cada empresa e cada colaborador terá um cálculo diferente, pois aqui entram questões como: benefícios oferecidos, horas extras trabalhadas, adicionais oferecidos, bem como descontos em folha de convênios empresariais e retenções tributárias de INSS e IRRF, por exemplo.

COMO CALCULAR FÉRIAS DE MENOS DIAS?

Ainda de acordo com a lei trabalhista, o colaborador tem o direito de não tirar até um terço de suas férias, ou seja, 10 dias. Esta venda dos dias de férias é chamada de “Abono Pecuniário”.

A conta, nestes casos, é um pouco mais complexa. Confira o exemplo abaixo, para um funcionário que ganha R$ 3.000,00 ao mês.

Em resumo, deve-se dividir o salário bruto por 30, para chegar ao valor diário das férias. Com o resultado em mãos, deve-se multiplicar pelo número de dias vendidos.

Na prática, considerando 20 dias de férias e 10 de abono pecuniário:

Salário bruto = R$ 3.000,00

Férias de 20 dias = R$ 2.000,00

Um terço das férias (referência 20 dias tirados) = R$ 666,66

10 dias vendidos (Abono Pecuniário) = R$ 3.000,00 / 30 x 10 = R$ 1.000,00

Um terço do abono pecuniário = R$ 333,33

Salário correspondente ao período de férias trabalhados (10 dias) = R$ 1.000,00

Total bruto R$ a receber = R$ 2.000,00 + R$ 666,66 + R$ 1.000,00 + R$ 333,33 + R$ 1.000,00 = R$ 5.000,00

DÚVIDAS? CONTE COM A ZANINI AUDITORIA!

Conte conosco para fazer a gestão contábil e de recursos humanos na sua empresa. Há mais de 40 anos no mercado, possuímos experiência e expertise na área contábil. Também oferecemos o serviço de outsourcing, com vantagens da terceirização para cuidar da área burocrática enquanto você se dedica à gestão da sua empresa.

Saiba mais em: www.zaniniauditoria.com.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Notícias Relacionadas