Empréstimo empresarial: agora é uma boa hora?

A economia está sendo retomada aos poucos e diversas empresas sofrem com o fluxo de caixa baixo. Ao mesmo tempo, os empréstimos aparecem como boas alternativas com juros baixos ao mês. Mas agora é realmente a hora de pedir um empréstimo empresarial? Confira!

Aumentar a renda da empresa sempre é uma boa. Contudo, os caminhos para chegar lá são diversos: queima de estoque; melhor oferta com relação a custo-benefício do que os concorrentes; maior captação de clientes e fidelização da base já construída, dentre outros. Cada um desses leva tempo, dedicação e empenho.

Outra forma de alcançar um aporte rápido e fácil para a empresa é solicitar um empréstimo empresarial. Essa alternativa é uma boa pedida para quando há diminuição no fluxo de caixa e entradas e é necessário manter a empresa com vida saudável, sem mexer na estrutura atual ou no quadro de funcionários.

MAS QUANDO É UMA BOA HORA PARA SOLICITAR UM EMPRÉSTIMO?

Novas empresas. Ao iniciar um negócio, nós precisamos de renda, fluxo de caixa e possibilidade de investimentos para execução de serviços, publicidade, captação de clientes, entre outros. A taxa de juros, quando atrativa, é uma boa opção para aqueles que precisam de investimento inicial e não possuem grandes finanças para fazer a aplicação na empresa. A medida garante que o crescimento da empresa caminhe ao mesmo tempo em que a dívida é paga e as entradas sejam suficientes para cobrir os gastos e render lucros.

Empresas sem grandes reservas. Há diversas outras empresas que já possuem vida ativa e que conseguem pagar as dívidas e render algum lucro mensal. Contudo, com a debandada de clientes e a reviravolta na economia mundial, interferiram na capacidade desses negócios de suprimir os gastos e continuar com a vida econômica estável e saudável. Para essas, um empréstimo empresarial pode significar a diferença entre declarar falência e garantir o crescimento – mesmo em tempos de crise.

Empresas consolidadas. Grandes negócios também possuem uma opção de empréstimo empresarial para aumentar o aporte em desenvolvimento físico e pessoal, bem como criar expansões ou facilitar fusões.

Ao que podemos notar, conseguir mais aplicação em valores nas empresas garante bons resultados – seja negócio de pequeno ou grande porte. Contudo, deve-se fazer uma análise criteriosa antes de qualquer ação ou pedido de empréstimo.

NÃO CONTRATE SEM ANALISAR A SAÚDE FINANCEIRA!

Uma das questões mais buscadas por empresários são empréstimos financeiros em momentos de crise. Contudo, muitos desses casos podem ser resolvidos sem a necessidade de inclusão de uma agência bancária: apenas com a análise criteriosa de entradas e saídas, bem como a saúde financeira podem garantir organização e solução do caso.

Além disso, o atual cenário econômico prevê estabilidade para todas as empresas de quase todos os segmentos. O ideal é saber exatamente onde investir e onde cortar gastos, para estimular o crescimento do negócio mesmo em tempos de crise.

Talvez, a melhor hora não seja agora para contar com um empréstimo empresarial.

Por isso, antes de fazer cálculos e se comprometer com juros – às vezes mais alto do que imaginamos – conte com um bom profissional na área fiscal e contábil para realizar o balanço da empresa, analisar gastos e realizar projeções com base em dados reais para avaliar como solucionar a questão que a sua empresa está enfrentando no momento.

A Zanini Auditoria conta com equipe especializada na gestão financeira, bem como nas áreas contábil, fiscal e de recursos humanos. Estamos há mais de 40 anos no mercado proporcionando consultoria e análises reais aos nossos clientes, para garantir o melhor para a sua empresa rumo ao sucesso!

Entra em contato hoje mesmo e descubra tudo que a Zanini Auditoria pode oferecer para você: https://www.zaniniauditoria.com.br . Para tudo que conta, conte com a gente!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Notícias Relacionadas